Ir para o Conteúdo da página Ir para o Menu da página
  • Plantão
    0800 642 7080
  • Comercial
    0800 644 6066 / (48) 3657 8100

Notícias e Eventos

Imagem da Notícia

01/04/2019

Sócios aprovam por unanimidade contas referentes ao ano de 2018

      Após uma explanação detalhada da parte financeira e investimentos feitos no ano de 2018, durante a Assembleia Geral Ordinária, realizada no dia 29 de março, no Auditório Danilo Niehues, os 52 sócios presentes, em condições de votar, aprovaram por unanimidade as contas da Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero). Na mesma noite, a partir da terceira chamada, às 19h30min, também foram aprovadas as contas da Cooperativa de Geração e Desenvolvimento de São Ludgero (Cegero GD) e Associação Social e Recreativa Cegero (Associação Cegero).

        Durante o ano de 2018 a Cegero somente em melhorias, ampliação, construção de novas redes de distribuição, equipamentos, materiais e serviços investiu R$ 2.850,316,40. Um dos fatores que necessitou de muito empenho do departamento técnico e do Conselho de Administração foi o fato de que durante o ano o custo da compra da energia elétrica para a Cegero teve um acréscimo geral de 25%, sendo que com a política da gestão enxuta foi possível repassar para os consumidores da baixa tensão apenas 5% e no caso da média tensão, classe industrial, o percentual de 15%.

       Ao final do ano de 2018 a Cegero foi enquadrada como permissionária de Serviço Público de Distribuição de Energia Elétrica e com as tarifas homologadas pela Agência de Energia Elétrica (Aneel) a redução média chegou a 3,1%, passando a estar no ranking das distribuidoras com os menores preços praticados no Brasil, chegando a distribuir energia elétrica com o percentual que chega a 40% mais barata.

       O presidente da Cegero, Francisco Niehues Neto, o Chico, lembrou durante a Assembleia que o ano de 2018 foi muito movimentado, de incertezas, mas com resultados positivos em prol dos associados. “Chegamos ao final do ano tendo o melhor preço praticado para a classe industrial do Brasil e a terceira mais barata para as demais classes. E isso é resultado de gestão visando os sócios, empenho dos membros do Conselho no sentido de tomarem as melhores decisões, a responsabilidade do Conselho Fiscal e o empenho de todos os funcionários e departamentos técnicos”, pontuou. Ele conclui agradecendo a confiança depositada pelos associados. “Reitero o compromisso do atual Conselho de Administração de fazer gestão focada nos sócios e com total transparência. A Cegero está aberta para esclarecer qualquer dúvida dos associados. Fechamos 2018 alcançando a visão de estar entre as melhores do Brasil e seguimos em 2019 com o trabalho sob a ótica dos princípios do cooperativismo e trabalhando dentro do nosso planejamento estratégico”, enfatiza o presidente.

     A Cegero fechou 2018 com 7.656 processos gerados para execução de obras e solicitações diversas e destinando um total de R$ 231.357,56 através do Fundo de Assistência Técnica Educacional e Social (Fates) que contribuiu diretamente com os trabalhos desenvolvidos através da Unidade Básica Central de Saúde Noemy Sombrio Pereira, Rede Feminina de Combate ao Câncer, Escola da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) e Hospital Santa Teresinha. Além disso, também, absorveu a conta da iluminação pública que somou R$ 293.883,00.

     Durante a Assembleia foi deliberado pelos associados a destinação dos R$ 205.085,84 referente ao Fates e das sobras que totalizaram R$ 615.257,52. Em ambas as deliberações os associados decidiram deixar na responsabilidade dos membros do Conselho de Administração as destinações dos recursos.

    Os sócios, ainda, deliberaram sobre a chapa apresentada com membros para compor o Conselho Fiscal de 2019. Foram eleitos e empossados os membros efetivos Matias Weber, William Philippi e Jairo De Bona Da Silva e os suplentes Nazareno Júlio Pereira, Wilson Maximiano e Edson Zomer Tascke.

    Sobre o pró-labore do presidente ficou aprovado 14,5 salários mínimos e o valor de R$ 998,00 como cédula de presença para os demais membros do Conselho Administrativo e Conselho Fiscal.

    As contas e gestão da Cooperativa de Geração e Desenvolvimento de São Ludgero (Cegero GD) e Associação Social e Recreativa Cegero (Associação Cegero) – As Assembleias Gerais Ordinárias da Cooperativa de Geração e Desenvolvimento de São Ludgero (Cegero GD) e Associação Social e Recreativa Cegero (Associação Cegero) também aconteceram na noite do dia 29 de março. Detalhadamente foram repassadas as informações aos sócios os quais aprovaram por unanimidade. É importante lembrar que a gestão e fiscalização de ambas acontecem de forma voluntária.